Alegria na Parada LGBT

Na tarde de ontem, 28 de julho de 2019, aconteceu em Juazeiro do Norte a 18º Parada do orgulho LGBTI, um evento multicolorido, anualmente realizado pela França Produções, ABEMAVI (Associação Beneficente Madre Maria Villac), apoiadores e colaboradores, que contou com a presença de personalidades com engajamento nas lutas pelos direitos LGBTI, onde foram homenageados com …

Na tarde de ontem, 28 de julho de 2019, aconteceu em Juazeiro do Norte a 18º Parada do orgulho LGBTI, um evento multicolorido, anualmente realizado pela França Produções, ABEMAVI (Associação Beneficente Madre Maria Villac), apoiadores e colaboradores, que contou com a presença de personalidades com engajamento nas lutas pelos direitos LGBTI, onde foram homenageados com faixas de padrinhos e madrinhas dos variados gêneros.

A alegria e despojamento dos participantes contagiavam a todos, uma diversidade que a muitos assusta, e pôde ser vista com leveza. Entre o publico geral havia muitas famílias que levaram suas crianças, onde elas se divertiam livres de PRECONCEITOS, com os shows dos performancers e músicas dos DJ’s.

A parada LGBTI é um ato político social, não configurando apenas uma festa. O grito de “É CRIME SIM!” estampado numa bandeira gigante, carregada por um militante da causa, denunciava o alto índice de discriminação, que por muitas vezes é seguida de homicídios, sofrida por esse grupo diariamente.

A luta dessas pessoas que são postas às margens de uma sociedade arcaica, pré-moldada por valores hipócritas e vis, foi exposta no dia de ontem com muita força e garra, unida na beleza do arco-íris, representada em sua bandeira como símbolo da constante luta LGBTI pelos seus direitos de “SER”.

Carregar mais Posts Relacionados
  • Cultura

    Alegria na Parada LGBT

    Na tarde de ontem, 28 de julho de 2019, aconteceu em Juazeiro do Norte a 18º Parada do orgulho LGBTI, um ...
  • Teatro

    Assistimos ao espetáculo Preta Bigode Bar, em Crato-CE

    Na noite de ontem, 25 de agosto, no Velozos Bar, o SESC Crato, apresentou mais uma edição da peça Preta Bigode ...
Carregar Mais Por Yaskara Rodrigues
Carregar Mais Em Cultura

Sobre Yaskara Rodrigues

Educadora popular, artesã especialidade bonecas que remetem a cultura negra, graduada em letras, mulher, negra e de terrerio. Militante do movimente negro GRUNEC, movimentos culturais Zabumbar e maracatu Uniu Erê. Pesquisadora com trabalhos desenvolvidos e publicados com comunidades de povos tradicionais.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!