Clínica Medimagem entrega doação de cabelos para ONG “Amor em Mechas”

A confecção de perucas é feita em São Paulo, onde fica a sede da ONG, e depois elas são entregues às mulheres vítimas de câncer no Cariri




Há quase quatro anos a Organização não Governamental (ONG) Amor em Mechas realiza um trabalho social com mulheres vítimas do câncer na região do Cariri. O projeto surgiu em São Paulo, após a fundadora ter sido acometida pela doença. Ela prometeu ajudar outras mulheres, caso fosse curada, a ter acesso a uma peruca. As madeixas podem custar até R$ 3 mil e nem todo mundo tem esse valor para comprar.

Madrinha da ONG na região do Cariri, Mariluce Sousa explica como o projeto foi trazido para o Ceará. “Fui atrás de comprar uma peruca para minha nora que teve câncer, só que era muito cara. Minha sobrinha, que mora em São Paulo, me apresentou a uma parceira. Então eu mandei o cabelo e logo veio a peruca linda. Então fiz uma parceria com ela, onde eu arrecadava os cabelos e ela me mandava as perucas. Hoje eu entrego às pessoas que estão em tratamento de quimioterapia e que têm alopecia”, conta.

Ao longo desses quase quatro anos, mais de 300 mulheres receberam perucas. “A mulher não recebe apenas a peruca, ela também recebe um kit que vem um colar de pérola, sombra, batom, lápis, lenços, livros, brinco. Tudo é feito com muito amor pra que essas mulheres resgatem a autoestima”, enfatiza Mariluce.

Agora a madrinha da ONG na região do Cariri comemora. É que mais uma parceria se concretizou. “Agora na Campanha Outubro Rosa, que é mês de conscientização sobre a prevenção do câncer de mama, fizemos uma parceria com a Medimagem e recebemos 17 mechas que vão ajudar na confecção das perucas. Cada vez que recebemos os cabelos dos parceiros ficamos emocionados porque é sinal de que as pessoas estão se sensibilizando com a causa”, finaliza Mariluce.

A Medimagem é certificada como empresa embaixadora do projeto social no Cariri e, por isso, também recebeu as urnas que estão no centro de diagnóstico por imagem, além das que foram deixadas em salões de beleza parceiros, espalhados pela cidade de Juazeiro do Norte. “Dr. Gustavo Saraíva, da Medimagem, ficou sabendo do projeto através da Commonike e pediu pra eu entrar em contato com a fundadora e a madrinha pra firmarmos a parceria. Deu muito certo e a campanha mês passado foi sucesso, tanto que a gente vai manter a urna na clínica para continuar recebendo doações de cabelo”, explica Laís Luna, administradora.

Quem tiver alguma mecha de cabelo,
natural ou com químico, não importa, sendo a partir de 15 centímetros pode
deixar na sede da Medimagem. “Outubro rosa” acabou, mas a campanha social de arrecadação continua o ano todo.

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Luca Souza
Carregar Mais Em Ação Social

Sobre Luca Souza

Estagiário no setor de criação de conteúdo do Foobá

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram did not return a 200.

Siga-nos!