Eis que surge o pocnejo

O sertanejo para as amadas pocs




Música

O sertanejo para as amadas pocs

A nova vertente do sertanejo surgiu junto um dos primeiros trabalhos de Gabeu, filho do sertanejo Solimões, o artista ao lançar “Amor Rural” também apresentou ao mundo o pocnejo, termo que une o sertanejo e as pocs, gíria carinhosa utilizada pela comunidade LGBT para se referir as gays afeminadas.

Assim como o feminejo, sertanejo cantando por mulheres, o pocnejo viabiliza trabalhos de outra minoria, as canções sertanejas cantadas pelos LGBTs. Gabeu passou a vida escutando o sertanejo raiz, na adolescência, como uma boa poc, passou a gostar das divas do pop. Ele fez dessa nova vertente uma maneira de se inserir na música sertaneja. A ideia é que a comunidade LGBT também esteja nos bares, tomando pinga e sofrendo, mas que escutem sobre si, que ouçam histórias de amor parecidas com as suas. Achei incrível.

Amor Rural

Assumindo o amor rural, Gabeu mostrou ao mundo o seu trabalho no final de maio desse ano. Em rede sociais, o cantor disse que ficou surpreso com a repercussão da música, que hoje está em mais de 745 mil visualizações no Youtube. A canção surgiu de uma brincadeira com o namorado, que escreveu mensagens para ele pedindo que assumisse o seu amor rural, daí surgiu a canção que inaugura o pocnejo.

Assista ao clipe:


Sobre Rayssa Leonel

Graduada em Jornalismo pela UFCA - Universidade Federal do Cariri. Pesquisadora e caririense bem orgulhosa.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.