Laboratório de Economia Criativa mapeia patrimônio cultural do Cariri

No dia 13 de março, aconteceu o lançamento oficial do Laboratório de Economia Criativa na Universidade Federal do Cariri – UFCA. O projeto, idealizado pelo Professor João Bosco Dumont, foi aprovado pela Pró-Reitoria de Cultura através do edital N.° 01/2014 da PROCULT. Trata-se de uma proposta interdisciplinar de mapeamento, reconhecimento e fomento dos setores criativos …

laboratório de economia criativa

No dia 13 de março, aconteceu o lançamento oficial do Laboratório de Economia Criativa na Universidade Federal do Cariri – UFCA. O projeto, idealizado pelo Professor João Bosco Dumont, foi aprovado pela Pró-Reitoria de Cultura através do edital N.° 01/2014 da PROCULT. Trata-se de uma proposta interdisciplinar de mapeamento, reconhecimento e fomento dos setores criativos concentrados na região do Cariri Cearense.

Durante o lançamento, o docente João Dumont elencou alguns setores criativos a serem mapeados seguindo as orientações postuladas pela UNESCO no que se refere às subdivisões.

Nos setores criativos nucleares, estão inclusos o Patrimônio Natural e Cultural; Espetáculos e Celebrações; Artes Visuais e Artesanato; Livros e Periódicos; Design e Serviços Criativos; Audiovisual e Mídias Alternativas. Nos setores criativos relacionados, estão o Turismo, Esporte e Lazer. No patrimônio imaterial, serão mapeadas as expressões e tradições orais, rituais e práticas sociais.

A proposta do projeto Economia Criativa é oficializar os dados desta pesquisa junto ao Ministério da Cultura através do Sistema Nacional de Informação e Indicadores Culturais (SNIIC) e, a partir de então, promover o reconhecimento do Cariri como Território Criativo, impulsionando o fomento e a capacitação permanente dos nossos artistas, grupos, coletivos e instituições.

Os objetivos específicos serão identificar as práticas relativas à Economia Criativa, no âmbito do Cariri cearense, com ênfase em ações de produção, circulação dos bens e serviços culturais encontrados neste cenário.

Fortalecer e incentivar o empreendedorismo entre os pequenos produtores, grupos e coletivos, através de ações em conjunto com instituições de apoio técnico como o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE, a Caixa Econômica Federal e o Banco do Nordeste- BNB, também é um dos objetivos do projeto.

Além disso, o programa  contribuirá para o cumprimento do Plano Nacional de Cultura e desenvolverá reflexão social em torno dos segmentos criativos da região e das suas influências no desenvolvimento local.

O Laboratório de Economia Criativa também abrirá espaços de diálogo com a comunidade acadêmica, buscando a socialização de ideias e práticas desenvolvidas dentro da universidade, assim como fora dela.

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Jimmy Macedo
Carregar Mais Em Cultura

Comente

Your email address will not be published.Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sobre Jimmy Macedo

Profissional de marketing digital e nerd de carteirinha desde que nerd era xingamento. Amante de música e cinema, idealizou o Foobá para colaborar de forma efetiva com o cenário que tanto o diverte e inspira.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!