Lançamento do relicário de memórias para salvaguardar um patrimônio brasileiro

O livro reúne textos dos organizadores e pesquisadores e a peça dramatúrgica da Opereta Canto de Reis.




Cultura, Literatura

O Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult Ceará) e a Betha Produções realizam até a próxima sexta-feira (03/09) a 6ª edição do Cantos de Reis – Festival de Tradição do Cariri. Esta edição vem enfocando em suas mesas temáticas, a oralidade, a escrita e a ancestralidade presentes no livro Relicário de Memórias, que será lançado nesta sexta-feira (03/09) através de uma live especial reunindo a equipe de organizadores da publicação.

O projeto Canto de Reis desde a sua primeira edição tem buscado construir uma relação criativa e de sustentabilidade com os brincantes que integram o processo, através de oficinas artísticas, laboratórios criativos, seminários com protagonismo para os mestres como palestrantes e mediadores, produção de livros, CD, exposição multimídia e audiovisual.

Segundo a idealizadora do projeto Beth Fernandes, um público de cerca de 40 mil já pode conferir a programação do Festival, seja prestigiando os cortejos, os lançamentos de produtos ou interagindo com as apresentações da Mostra Tradicional Popular. “O que considero fundamental neste processo é o intercâmbio gerado pelos grupos de Reisado do Cariri com as outras manifestações da cultura popular muito presentes na região e em particular o intercâmbio cultural com a Folia de Reis do Rio de Janeiro.” pontua.

O festival que teve início na terça-feira (31/08) encerra sua programação nesta sexta-feira (03/09) com o lançamento do livro Relicário de Memórias – Opereta Popular Canto de Reis.  Ao longo de cinco capítulos, a obra descreve a ação cultural, apresenta os fundamentos nos quais está assentada, as reflexões geradas e o principal produto criado até o momento, que é a Opereta Popular.

O livro reúne textos de pesquisadores convidados e traz o texto teatral criado pela curadora Dane de Jade junto com os brincantes acrescido de 25 peças (musicas) tradicionais do Reisado que fazem parte do espetáculo Canto de Reis.. As cantigas, pela primeira vez transpostas para partituras pelo pesquisador Fabiano de Cristo, gravadas pelos mestres e mestras no estúdio da Vila da Música (Crato-Ce) pelo produtor musical André Magalhães.

Participam da live de lançamento a equipe de produção da publicação: Dane de Jade (Organização), Felipe Caixeta (Editoração) e Fernanda Lois (Diagramação), Fabiano de Cristo (Partituras) e Bete Fernandes (Produção).

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.