Live em prol dos animais carentes do Cariri

Ações juninas começam com solidariedade, com movimento que visa beneficiar 200 animais

As tradicionais festas juninas, que enchem o coração do brasileiro de alegria e a boca de água com as saborosas comidas típicas do Nordeste, vão ficar para depois por causa da pandemia. Mas, você pode comemorar e ainda praticar o bem. Se tá difícil para os humanos, imagina para os animais carentes? É pensando nessas criaturinhas que o sanfoneiro Vicente Neto e o padre Arileudo Machado estão promovendo o “Arraiá do Chico – O ensaio”. A primeira live solidária do Cariri em prol dos bichinhos será nesta terça-feira, 02. As doações podem ser feitas por depósito bancário ou entregues na paróquia de São Francisco, em Crato, e na secretaria da Basílica Menor de Nossa Senhora das Dores, em Juazeiro do Norte. E o repertório de arrasta-pé começa às 20h no canal “Forró di Raiz Crato-CE” no YouTube e pela TV Web Mãe das Dores.
Com o isolamento social, as lives (transmissões ao vivo em redes sociais) ganharam força. No Cariri, diversos artistas realizaram shows online gratuitos para arrecadar cestas básicas aos que mais precisam neste momento. Seguindo a linha da generosidade, o artista e advogado Vicente Neto idealizou o “Arraiá do Chico”. “Os animais também são criaturas de Deus, sentem fome, sede, calor, frio, medo, dor e solidão. Cabe a nós a missão de nos unirmos para aliviar o sofrimento deles. Independentemente do valor ou quantidade, o que vale é a intenção de ajudar”, explicou.
A ideia surgiu a partir de outra ação em favor dos animais. “ONGs do Crato fizeram uma campanha chamada “Transforme dó em ração” e pediram ajuda para divulgar. Algumas pessoas a quem eu pedi doações sugeriram que eu fizesse uma live para arrecadar ração para essas instituições. As contribuições podem ser em ração ou em dinheiro. Também aparecerá um QR Code na tela durante a apresentação”, completou Vicente.

Centenas de animais beneficiados
Cerca de 200 animais acolhidos pela ONG Brilho Animal, em Juazeiro do Norte, vão receber as doações. Já no Crato, a Associação Defensora dos Animais Carentes, Adac, será beneficiada. A presidente da Adac, Mariângela Bandeira, destaca que a vulnerabilidade dos animais de rua tem se agravado com a quarentena. Desde o primeiro dia, foi montada uma força-tarefa para alimentar os animais nas ruas do Crato. “É muito crítico, muitas cadelas no cio, gatas prenhas, com filhotinhos, aglomerações em mercados e oficinas abandonadas. Esses animais não entendem o que está acontecendo, eles buscam alimento no lixo, que outrora encontravam, hoje não acham mais”, contou.
Além do abandono, a violência preocupa aos ativistas. “A situação é bastante crítica, diante do que a associação tem feito no Cariri, os resgastes de casos com maior requinte de crueldade têm sido na cidade do Crato. Diante de toda essa dificuldade, Vicente Neto nos presenteou com essa live solidária. A importância desse evento é extrema, temos 40 cães e gatos abrigados e precisamos ajudar aos protetores independentes que nesse período não têm como arcar com as despesas dos bichinhos. Além do peso sobre nós da alimentação aos animais de rua”, apontou Mariângela.

Apoio artístico

Artistas nordestinos apoiam a causa e divulgaram vídeos em suas redes sociais, convidando o público para participar da live solidária. Entre eles, Fábio Carneirinho e o pernambucano Targino Gondim, representantes cativos do autêntico forró. “Tá vindo aí o Arraía do Chico, meu amigo Vicente, sanfoneiro do bom, cantor maravilhoso, vai fazer uma live solidária em prol dos animais. Parabéns por essa iniciativa, a gente tem muita notícia durante essa pandemia, de animais abandonados”, disse Fábio.

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Erika Souza
Carregar Mais Em Cultura

Sobre Erika Souza

A menina louca. Deixo essa definição, pois meu entusiasmo pode parecer loucura. Atuo com comunicação, eventos e desenvolvimento pessoal. Com o convívio a gente se conhece mais.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!