Marta Aurélia fala sobre voz, corpo e processos criativos em Entre Telas Música

Cantora, atriz e compositora, a artista também refletirá sobre sua trajetória na Escola e produções realizadas no período de pandemia

Voz e corpo são instrumentos centrais na trajetória artística e profissional da cantora Marta Aurélia. A artista será a próxima convidada do “Entre Telas Música”, onde refletirá sobre seus processos criativos, produções e ressignificações geradas pela pandemia, enfatizando a relação com o Porto Iracema. A live será transmitida pelo Instagram da Escola, na próxima quarta-feira (5), a partir das 16h.

Atriz e compositora, Marta também diz que flerta com a performance e a arte sonora através de seus estudos com o corpo e a voz. A artista integrou o Laboratório de Música do Porto Iracema em 2014, com o projeto “Vagabunda Flor”, além de agregar colaborações nos projetos Sila Crvs A.O.A, Ode ao Mar Atlântico e Cenas de Ópera, também desenvolvidos na Escola em 2017 e 2018, respectivamente. Para incrementar sua investigação, ela tem participado de formações que englobam suas temáticas centrais e ministrado residências e cursos, com ênfase na construção da voz feminina.

A questão de onde parte a conversa, “Voz e Corpo – O que te trouxe até aqui? Qual é a tônica de resistir?”, faz referência a seu novo single, “Tectônica”, produzido durante este período de quarentena. O bate-papo, mediado pela coordenadora do Laboratório de Música da Escola, Mona Gadelha, inaugura o “Entre Telas Música” e integra a programação do aniversário de 7 anos da Escola, comemorados no dia 29 de agosto.

Realizado pelo Porto Iracema das Artes, o “Entre Telas” vem trazendo uma série de debates online com artistas e pesquisadores de diferentes linguagens a fim de discutir suas formações e processos criativos sob diferentes contextos.

Sobre Marta Aurélia

É cantora, atriz, compositora, e flerta com a performance e a arte sonora através de seus estudos com o corpo e a voz, que tem sido instrumentos centrais na sua trajetória artística e profissional. Integrou o Laboratório de Música em 2014 com o projeto “Vagabunda Flor”, com tutoria de Jr Tostói. Os versos O que te trouxe até aqui? Qual é a tônica de resistir? O que me trouxe até aqui? pertencem ao single “Tectônica”, lançado por Marta Aurélia, com produção de Caio Castelo nesse tempo de pandemia.

Sobre a Escola

O Porto Iracema das Artes é a escola de formação e criação em artes do Governo do Estado do Ceará, ligada à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, sob gestão do Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há quase sete anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

SERVIÇO

O que: “Marta Aurélia fala sobre voz, corpo e processos criativos em live Entre Telas Música”
Quando: 5 de agosto (quarta-feira), a partir das 16h
Onde acessar: Perfil do Instagram do Porto Iracema das Artes

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Luca Souza
Carregar Mais Em Cultura

Sobre Luca Souza

Estagiário no setor de criação de conteúdo do Foobá

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!