O poder do Youtube no Cariri

A produção de conteúdo no Cariri também é de grande escala, alguns youtubers da região já passaram dos 14 milhões de visualizações. Loma Moura, Tiago Mariano, David Ferreira e Carlos Roberto são apenas alguns do nomes caririenses que se destacam produzindo para a plataforma.




Cultura
Poder do Youtube no Cariri

Quem nunca assistiu algum vídeo no Youtube? A plataforma é o lugar que você aprende a fazer tudo, lá encontramos vídeos que nos ensinam a fritar um ovo e como construir um carro, tem muita coisa bizarra, mas também encontramos muito coisa útil. A plataforma permite que você ria, chore, aprenda, coma, se exercite e até ensinar como beijar na boca ela ensina.

Segundo o próprio Youtube, os brasileiros dedicam 19 horas da sua semana para assistir essas programações. Para que esse material esteja disponível, é preciso que muita gente esteja trabalhando, e principalmente, produzindo conteúdo.

Quem cria esse conteúdo, planeja roteiros e se dedica semanalmente para oferecer entretenimento para os seus inscritos, são os youtubers. Que hoje estão entre as personalidades mais influenciadoras no Brasil, já que a cada 20 personalidades de vídeo mais influentes entre os jovens brasileiros, 10 são eles.

A produção de conteúdo no Cariri também é de grande escala, alguns youtubers da região já passaram dos 14 milhões de visualizações. Loma Moura, Tiago Mariano, David Ferreira e Carlos Roberto são apenas alguns do nomes caririenses que se destacam produzindo para plataforma.

Conheça os seus canais

E se fosse no Brasil? – Por Thiago Mariano

O canal surgiu em maio de 2017, mas Thiago já era youtuber antes disso, antigo integrante do canal Conspiração, no final de 2016 decidiu sair do canal, onde passou mais de 3 anos e começou criar o seu próprio conteúdo.

O youtuber começou com 10 vídeos gravados e foi postando com frequência no canal, na primeira semana era um vídeo por dia e depois passaram a ser três por semana, em dois meses chegou a marca de 10 mil inscritos. A proposta do E esse fosse no Brasi? é interpretar, da maneira brasileira, elementos estrangeiros, como séries, programas de tv e animes. O produtor do canal dá uma cara brasileira a esses produtos.

Hoje o canal tem mais de 114 mil inscritos, mas a grande maioria são do sudeste, mesmo sendo um canal cearense. Segundo Thiago, poucas pessoas sabem que ele é de Juazeiro, mas que o bom disso é que podem inspirar outras pessoas a produzirem um conteúdo de humor para qualquer lugar do Brasil.


Loma Moura

Paloma Moura criou o canal em 2016, quando tinha apenas 15 anos, a ideia era gravar vídeos sobre maquiagem e moda e dá dicas sobre esse universo, no mesmo ano ela engravidou e começou a compartilhar a sua experiência. Enquanto espera o bebê vir ao mundo, Loma, como assim é conhecida, contava para os seus inscritos como era estar grávida na adolescência, ela amou construir esse conteúdo e conversar sobre a fase que estava passando, a aceitação do público foi muito positiva e o canal passou a se chamar ” Grávida aos 15″, tanto que um dos seus vídeos mais vistos é um vlog do dia que seu filho nasceu, são 2.578.625 visualizações.

Hoje são mais de 637 mil inscritos, e o canal voltou a se chamar Loma Moura, a youtuber continua dividindo a sua vida, mas para além da maternidade, agora o conteúdo é mais diverso e se a próxima da ideia inicial dos vídeos, ela passou a dá dicas de maquiagens, fazer vlogs do dia a dia, mostrar a família e outras coisas.

Meu nome é David – Por David Ferreira e Carlos Roberto

Um dos maiores canais da região, o “Meu nome é David” chegou a mais de 14 milhões de visualizações em um dos seus vídeos, usando sempre referências da região do Cariri, os youtubers David Ferreira e Carlos Roberto usam músicas, filmes e principalmente jogos que estão em alta para produzir as suas paródias.

Já são 5 anos que o canal está no ar, e geralmente sai vídeo toda semana, as semanas que não tem conteúdo novo, é porque a produção é mais elaborada, e o seguidores já sabem que vem coisa boa. O canal tem mais 414 mil inscritos, sendo boa parte deles da região, por isso os elementos do Cariri cabem tão bem.

Sobre Rayssa Leonel

Graduada em Jornalismo pela UFCA - Universidade Federal do Cariri. Pesquisadora e caririense bem orgulhosa.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.