PROCULT-UFCA se pronuncia sobre o corte de verbas dos CCBNBs

A Pró-Reitoria de Cultura da Universidade Federal do Cariri manifesta-se, em nota, contra o corte de recursos imposto aos Centros Culturais do Banco do Nordeste do Brasil (CCBNB). Confira.




Ação Social, Cultura

A Pró-Reitoria de Cultura da Universidade Federal do Cariri manifesta-se, em nota, contra o corte de recursos imposto aos Centros Culturais do Banco do Nordeste do Brasil (CCBNB).

📝 Confira a nota na íntegra aqui:

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CARIRI
PRÓ-REITORIA DE CULTURA
NOTA CONTRA O CORTE DE VERBAS NO CCBNB

A Pró-Reitoria de Cultura (PROCULT) da Universidade Federal do Cariri (UFCA) posiciona-se veementemente contra o corte de verbas imposto aos Centros Culturais do Banco do Nordeste do Brasil (CCBNB), localizados em Sousa, na Paraíba, e em Fortaleza e Juazeiro do Norte, no Ceará.

No Cariri cearense, o CCBNB iniciou suas atividades no ano de 2006, com o objetivo de promover o desenvolvimento regional no interior do estado do Ceará, por meio da inclusão deste território na cadeia produtiva da Cultura. Desde então, o Centro oferece gratuitamente ações nas mais diversas linguagens artísticas, tendo se consolidado como um dos principais equipamentos culturais da região.

O CCBNB se constitui também como importante parceiro da UFCA, na promoção de algumas das ações culturais propostas pela Universidade. Em 6 anos de parceria, foram ofertados ao público apresentações musicais, debates temáticos, exibições fílmicas e mostras de artes visuais, por meio de programas como o Acorde Instrumental, Cinema Nordeste, Circulô, Conversas Filosóficas, Mediações Culturais, Na Trilha do Vinil e Terça Musical.

O corte orçamentário imposto ao CCBNB não se justifica sob a ótica econômica, já que o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) apresentou, em 2018, lucro líquido de R$ 725,5 milhões, valor 6,4% maior do que o lucro do exercício anterior, quando foram registrados R$ 681,7 milhões. Diante desse quadro, o ataque ao CCBNB se revela contraditório e vem comprometer a oferta de programação artístico-cultural, as ações firmadas em parceria com a UFCA, e a própria existência do equipamento. Com isso, descontinua-se o trabalho que vem sendo realizado há anos, voltado à circulação de espetáculos, à formação de plateias e à formação cultural da população.

Nesse contexto, a PROCULT-UFCA se coloca ao lado dos funcionários que compõem o CCBNB; dos(as) artistas da Cultura e da população caririense, reforçando a importância do equipamento para a disseminação da arte e da cultura do povo nordestino e brasileiro.

Juazeiro do Norte, 1º de julho de 2019.
José Robson Maia de Almeida
Pró-Reitor de Cultura da UFCA

Sobre Erika Souza

A menina louca. Deixo essa definição, pois meu entusiasmo pode parecer loucura. Atuo com comunicação, eventos e desenvolvimento pessoal. Com o convívio a gente se conhece mais.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.