Tem início hoje a II Semana Corte Seco Revista de Audiovisual

Entre os destaques da programação está uma conversa com o diretor cearense Rosemberg Cariry




Cinema, Cultura

Logo mais às 15h terá início a programação da segunda semana Corte Seco Revista de audiovisual. A produção é veiculada a Universidade Federal do Cariri (UFCA) e atualmente é conduzida por um conjunto de estudantes da referida instituição. O evento contará com uma vasta programação, esta, distribuída pelos três dias de evento.

Inteiramente online, devido as medidas de restrição impostas pela pandemia de Covid-19, o principal intuito do evento é realizar debates sobre o campo do audiovisual, além de promover o volume II da terceira edição da revista. A terceira edição é temática e aborda o tema cinema e literatura. Neste volume um dos maiores destaques diz respeito a uma entrevista com o cineasta Jorge Furtado.

Hoje, logo mais às 15h, via Google Meet, haverá uma edição especial do cineclube em rede, ação desenvolvida pela revista em parceria com outros projetos. O cineclube irá dialogar sobre os documentários Cidade Desterro (Gláucia Soares – 2009), Perto Demais (Rúbia Mércia – 2010) e Nhemongueta Kunhã Mbaraete (Michele Kaiowá – 2020). O debate será conduzido pelo professor Rodrigo Capistrano (UFCA) e pela cineasta e pesquisadora Rúbia Mércia.

Em 28 de novembro, haverá uma conversa com o cineasta cearense Rosemberg Cariry, um dos principais nomes do cinema no estado, sendo também uma importante influência no contexto nacional do audiovisual. A mediação do diálogo ficará a cargo outros dois convidados da revista, o estudante de jornalismo e pesquisador Cauê Henrique, e o designer Márcio Santos. Este momento ocorrerá às 15h no canal da Corte Seco no YouTube.

Já no domingo, 29, encerrando o evento haverá a mesa “os rumos do cinema cearense”. Estarão nesta mesa os diretores e produtores Pedro Diógenes e Jaildo Oliveira. A mediação estará a cargo de Pétrus David, um dos colaboradores da edição temática em destaque. Os convidados irão debater aspectos marcantes da produção cearense e as perspectivas de futuro.

Paulo Rossi, membro da comissão editorial da Corte Seco, disse, “essa semana vai ser muito especial, porque vamos debater muitas coisas e é bem legal se pensar o cinema daqui, sabe? Discutir sobre o que vem sendo produzido de cinema no Ceará, diálogos com todas essas pessoas que convidamos e, enfim, estou super ansioso! Acho que vai ser muito proveitoso e nós vamos conversar sobre muitas coisas, vamos redescobrir o cinema cearense!”.

Os links para participar de todas as atividades programadas estão disponíveis no Instagram da revista @cortesecorevista

Sobre Paulo Junior

Graduando em jornalismo pela UFCA. Um apaixonado por política, literatura e cinema. E-mail: [email protected]

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.