Vem ai a segunda edição do Festival Internacional de Máscaras do Cairi

Com informações de George Wilson do portal Badalo.com.br Nossa região irá receber em dezembro a segunda edição do Festival Internacional de Máscaras do Cairi – FIMC, um dos mais dinâmicos eventos sobre cultura, tradição e olhares artísticos através do costume das máscaras. O II FIMC, que ocorrerá entre os dias 04 e 08 de dezembro, incluirá lançamento …




Com informações de George Wilson do portal Badalo.com.br

Nossa região irá receber em dezembro a segunda edição do Festival Internacional de Máscaras do Cairi – FIMC, um dos mais dinâmicos eventos sobre cultura, tradição e olhares artísticos através do costume das máscaras. O II FIMC, que ocorrerá entre os dias 04 e 08 de dezembro, incluirá lançamento de livros, espetáculos, oficinas, encontro da menor máscara do mundo, Maratona de Improvisação com Máscara e o Colóquio Mascaramento na Cena Expandida.

O festival é fruto de uma ação articulada entre Brasil e Canadá, a partir da troca de experiência no Festival Internacional de Máscara do Quebec, onde a gestora cultural Dane de Jade contemplou a experiência no Brasil, mais especificamente no Cariri, reunindo diversos parceiros, em sua primeira edição, como pesquisadores, gestores, produtores, atores, professores e amantes das artes, promovendo um encontro de afetos e olhares sobre a Máscara criando uma relação com diversos segmentos artísticos, consolidado como pioneiro no país.

O FIMC, que chega a sua segunda edição, proporciona encontros entre o público e artistas internacionais, nacionais e locais, e já conta com presença confirmada do diretor teatral Sidnei Cruz e do ator e diretor João Miguel. Serão realizadas apresentações de espetáculos de palco e rua juntamente com atividades especiais voltadas para a qualificação e atualização de profissionais das artes cênicas.

“Em suas edições temos como norte o conceito de “Conexões Afetivas”, buscando singularidades em obras nas quais as questões do social se friccionam com a arte”, afirma a produtora Dane de Jade em entrevista ao Badalo. Além disso, segundo ela, as produções escolhidas refletem as relações do ator e a máscara, a diversidade de linguagens e ainda os intercâmbios internacionais.

Segundo a produtora e ex-secretária de Cultura do Crato, a proposta de realizar no Cariri se dá pelo potencial existente na região, propulsora de ações culturais artísticas e com todos os ingredientes para se tornar uma grande potencia no país. O FIMC, segundo ela, será uma referência para apreciação de grupos, pesquisadores e artistas que trabalham com máscaras em todas as suas modalidades.

O evento prevê ainda ações de intercâmbio, formação e fruição, aliando gastronomia, turismo, economia e desenvolvimento no território Cariri. Para conferir maiores informações sobre o festival, basta acessar a página da FIMC.

Com informações de George Wilson do portal Badalo.com.br

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Jimmy Macedo
Carregar Mais Em Cultura

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sobre Jimmy Macedo

Profissional de marketing digital e nerd de carteirinha desde que nerd era xingamento. Amante de música e cinema, idealizou o Foobá para colaborar de forma efetiva com o cenário que tanto o diverte e inspira.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.